Ensinar e aprender História: o que dizem os jovens do campo

Astrogildo Fernandes da Silva Júnior

Resumo


O artigo tem como objetivo refletir sobre como se efetiva o ensino de história em uma escola localizada no meio rural do município de Uberlândia, MG, Brasil. Especificamente buscamos registrar e analisar como os professores ensinam e como os jovens do campo aprendem história. Esta investigação tem como referencial metodológico a abordagem qualitativa de pesquisa educacional. A pesquisa de campo recorre a instrumentos variados como anotações em diário de campo, por meio das visitas à escola e das observações das aulas de história, questionário respondido pelos jovens estudantes e entrevistas orais com os gestores e professores de história. Conclui-se que os jovens estudantes são atores sociais plurais. Revelaram a preocupação com o mundo onde vivem. Possuíam visões positivas sobre o ensino de história, que pode ser justificado pela prática da professora da turma.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20949/rhhj.v4i7.179

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Astrogildo Fernandes da Silva Júnior

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

       

 

 

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia