Potencialidades das "Narrativas de Si" em Narrativas da História Escolar

Ana Maria Ferreira da Costa Monteiro, Mariana de Oliveira Amorim

Resumo


Neste artigo, apresentamos alguns resultados de pesquisa em andamento que busca examinar as potencialidades das “narrativas de si” para a constituição do saber histórico escolar e para a produção de identidades docentes. Tendo por base a análise de aulas de História no Ensino Médio ministradas por uma professora reconhecida como marcante por seus antigos alunos, discutimos algumas potencialidades didáticas emergentes da análise das “narrativas de si”. Especialmente, a influência desse aspecto do ensino na “negociação de distâncias” entre professora e alunos, que viabiliza a aproximação dos conteúdos da disciplina História com a realidade do aluno e com o tempo presente. Bem como sua influência na relação com o ensino de conteúdos, valores éticos e morais. Foi possível, também, registrar indícios de transformação, simultânea e contínua, no processo de constituição de sua identidade docente.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20949/rhhj.v4i8.196

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Ana Maria Ferreira da Costa Monteiro, Mariana de Oliveira Amorim

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

       

 

 

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia