Conexões entre escola e universidade: o PIBID e as estratégias de residência docente

Fernando Seffner, Carla Beatriz Meinerz, Carmem Zeli de Vargas Gil, Caroline Pacievitch, Nilton Mullet Pereira

Resumo


O propósito deste artigo é apresentar algumas reflexões produzidas no âmbito do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), subprojeto de História, promovido na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). O programa em questão visa a construção de uma parceria entre Universidade e Escola, capaz de apostar em novas posturas pedagógicas que podem se desenvolver no interior da escola e que repercutem na formação inicial dos licenciandos. Privilegiamos uma categoria conceitual: perceber o PIBID como uma experiência de residência docente, a partir das articulações ou parcerias, operando com a ideia de que o sucesso da estratégia de ação do PIBID reside, em grande parte, no fato de aproximar a formação inicial e a formação continuada, colocando a possibilidade de sua formação como um todo acontecer em tempos e espaços simultâneos. Ao perceber a escola como espaço privilegiado para esse encontro, pensamos redefinir os limites do que consiste a formação inicial e a continuada. Desse modo, a escola se revela também como espaço de formação de novos atores para a cena da sala de aula.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20949/rhhj.v4i8.201

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Fernando Seffner, Carla Beatriz Meinerz, Carmem Zeli de Vargas Gil, Caroline Pacievitch, Nilton Mullet Pereira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

       

 

 

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia