Por um ensino de História referenciado na Educação Popular

Israel Soares Sousa, Severino Bezerra Silva

Resumo


Buscamos refletir sobre a prática do ensino de História no Brasil e suas características eurocêntricas, na tentativa de superação do ensino tradicional e conteudista. Intentamos também analisar a relação entre a perspectiva da história local e o paradigma da Educação Popular. Essa expectativa parte de nossas vivências profissionais, nas quais percebemos que o ensino de história ainda privilegia os grandes fatos e os heróis, deixando de lado a vivência das classes populares. Nesse sentido, o presente artigo se configura como as reflexões teóricas iniciais do nosso doutoramento em educação, que tem como viés metodológico a Pesquisa Participante, a partir da implementação de um projeto didático em História Local e Educação Popular na Escola Estadual Papa Paulo VI, localizada do Bairro de Cruz das Armas, no município de João Pessoa (PB).


Texto completo:

PDF

Referências


AMADO, Janaína. História e região: reconhecendo e reconstruindo espaços. In: SILVA, Marcos (Coord.) República em migalhas: história regional e local. São Paulo: Anpuh; Marco Zero, 1990. p.7-15.

BARBOSA, Vilma de Lurdes. Contribuições para pensar, fazer e ensinar história local. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Natal, 2005.

BOURDIN, Alain. A questão local. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

CHESNEAUX, Jean. Devemos fazer tábula rasa do passado? Sobre a história e os historiadores. São Paulo: Ática, 1995.

FERNANDES, José Ricardo Oriá. Um lugar na escola para a história local. Ensino em Revista, v.4, n.1, p.43-51, jan.-dez. 1995.

FONSECA, Selva Guimarães. Caminhos da história ensinada. 3.ed. Campinas, SP: Papirus, 1995.

FONTANA, Josep. História: análise do passado e projeto social. Bauru, SP: Edusc, 1998.

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. 43.ed. São Paulo: Cortez, 2002.

_______. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

GASPARELLO, Arlette Medeiros. Construindo um currículo de História. In: NIKITIUK, Sonia (Org.) Repensando o ensino de História. São Paulo: Cortez, 1996. p.83-95.

LANDER, Edgardo (Org.) A colonialidade do saber: eurocentrismo e ciências sociais. Perspectivas latino-americanas. Buenos Aires: Clacso, 2005.

MANIQUE, Pedro Antônio; PROENÇA, Maria Cândida. Didática da História: patrimônio e história local. Lisboa: Texto, 1994.

NEVES, Joana. História local e construção da identidade social. Saeculum – Revista de História, João Pessoa: Ed. Universitária; UFPB, n.3, p.13-27, jan.-dez. 1997.

SAMUEL, Raphael. História local e história oral. Revista Brasileira de História, São Paulo: Anpuh; Marco Zero, v.9, n.19, p.219-243, set. 1989-fev. 1990.

TEIXEIRA, Anísio. Educação não é privilégio. 7.ed. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 2007.

TORRES, Carlos Alberto; GADOTTI, Moacir. Poder e desejo: a educação popular como modelo teórico e como prática social. In: TORRES, Carlos Alberto; GADOTTI, Moacir (Org.) Educação Popular: utopia latino-americana. São Paulo: Cortez; Edusp, 1994.




DOI: https://doi.org/10.20949/rhhj.v5i9.32

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Israel Soares Sousa, Severino Bezerra Silva

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

       

 

 

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia