Ensino de História: como a extensão universitária potencializa a formação profissional

Érika Oliveira Amorim

Resumo


O artigo apresenta as ações de um projeto de extensão universitária desenvolvido pela Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), unidade Carangola, que visa a formação profissional de estudantes do curso de licenciatura em História bem como dos graduandos do curso de Turismo. As ações desse projeto consistem no oferecimento de oficinas temáticas sobre Patrimônio Histórico e Memória e a realização de visita guiada ao Museu e Arquivo Histórico de Carangola, que envolvem alunos do 9º ano do Ensino Fundamental de uma escola da rede pública estadual. O viés interdisciplinar do projeto possibilita aos graduandos o contato com dois possíveis campos de atuação profissional: a escola e o museu. Além disso, desperta nos estudantes da rede pública estadual a atenção para a relevância do acervo arquivístico e histórico do Museu da cidade.

 

Palavras-chave: ensino de História; extensão universitária; museus.


Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, Regina Maria do R. M. Patrimônio cultural: tensões e disputas no contexto de uma nova ordem discursiva. In: LIMA FILHO, Manuel F.; BELTRÃO, Jane F.; ECKERT, Cornélia (Org.) Antropologia e patrimônio cultural: diálogos e desafios contemporâneos. Blumenau: Nova Letra, 2007. p.263-285.

ALENCAR, Vera Maria A. de. Museu-Educação: se faz caminho ao andar... Dissertação (Mestrado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Rio de Janeiro, 1987. Disponível em: http://www2.dbd.puc-rio.br/pergamum/teses/1987-ALENCAR_V_M_A.pdf; Acesso em: 20 maio 2015.

ALMEIDA, Adriana M. Desafios da relação museu-escola. Comunicação & Educação, São Paulo, v.10, p.50-56, set./dez. 1997. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/comueduc/article/view/36322/39042; Acesso em: 15 out. 2016.

BOSI, Ecléa. Memória e Sociedade: lembrança dos velhos. 2.ed. São Paulo: T. A. Queiroz; Edusp, 1987.

CANDAU, Vera Maria F. Ser professor/a hoje: novos confrontos entre saberes, culturas e práticas. Educação, Porto Alegre, v.37, n.1, p.33-41, jan./abr. 2014. Disponível em: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/15003.

ELIAS, Norbert; SCOTSON, John L. Os estabelecidos e os outsiders: sociologia das relações de poder a partir de uma pequena comunidade. Trad. Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2000.

FREIRE, Paulo. Extensão ou comunicação. 13.ed. São Paulo: Paz e Terra, 2006.

_______. Pedagogia da autonomia. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

FURTER, Pierre. Educação e reflexão. 2.ed. Petrópolis: Vozes, 1979.

GADOTTI, Moacir. A escola na cidade que educa. Cadernos Cenpec, Nova série, [s.l.], v.1, n.1, maio 2006. Disponível em: http://cadernos.cenpec.org.br/cadernos/index.php/cadernos/article/view/160; Acesso em: 13 fev. 2015.

GIMENO SACRISTÁN, J. O currículo: uma reflexão sobre a prática. Porto Alegre: Artmed, 2000.

GRUNBERG, Evelina. Educação Patrimonial: utilização dos bens culturais como recursos educacionais. Cadernos do CEOM, Chapecó, SC: Argos, n.12, p.159-180, 2000. Disponível em: https://bell.unochapeco.edu.br/revistas/index.php/rcc/article/view/2133; Acesso em: 27 set. 2015.

LOPES, Francisco R. Museu, ensino de história e sociedade de consumo. Trajetos, v.1, n.1, p.1-22, 2016. Disponível em: http://www.revistatrajetos.ufc.br/index.php/Trajetos/article/view/43/20.

_______. Tentação do tempo: a máquina museológica na fabricação do passado. Fortaleza: Imprensa Universitária, 2016b.

MOLL, Jaqueline. Um paradigma contemporâneo para educação integral. Pátio – revista pedagógica, Porto Alegre, n.51, p.12-15, ago./set. 2009. Disponível em: http://loja.grupoa.com.br/revista-patio/artigo/6376/um-paradigma-contemporaneo-para-a-educacao-integral.aspx; Acesso em: 26 set. 2015.

NORA. Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Proj. História, São Paulo, v.10, dez. 1993. Disponível em: http://revistas.pucsp.br/index.php/revph/article/viewFile/12101/8763.

PAULA, João Antônio de. A extensão universitária: história, conceito e propostas. Interfaces, Belo Horizonte, v.1, n.1, p.5-23, jul./nov. 2013. Disponível em: https://www.ufmg.br/proex/revistainterfaces/index.php/IREXT/article/view/5/pdf; Acesso em: 11 ago. 2016.

PEREIRA, Júnia S.; SIMAN, Lana Mara de C.; COSTA, Carina M.; NASCIMENTO, Silvania S. do. Escola e Museus: diálogos e práticas. Belo Horizonte: Secretaria de Estado de Cultura/Superintendência de Museus; Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais; Cefor, 2007.

SCIFONE, Simone. Educação e Patrimônio Cultural: reflexões sobre o tema. In: TOLENTINO, Átila B. (Org.) Educação Patrimonial: reflexões e práticas. João Pessoa: Superintendência do Iphan na Paraíba, 2012.

SETTON, Maria da Graça J. As transformações do final do século: ressignificando os conceitos de autoridade e autonomia. In: AQUINO, Julio G. (Org.) Autoridade e autonomia na escola: alternativas teóricas práticas. São Paulo: Summus, 1999. p.71-84.

SIMAN, Lana Mara de C. Práticas culturais e práticas escolares: aproximações a especificidades no ensino de história. História & Ensino – revista do laboratório de ensino de história, Londrina, v.9, p.185-203, out. 2003.

TAVARES, Márcio. História, memória e identidade: como fazer um museu. Revista Autos & Baixas, v.2, n.1, p.1-7, 2014. Disponível em: http://revistadigital.jfrs.jus.br/revista/index.php/revista_autos_e_baixas/article/view/58.

VIÑAO FRAGO, Antonio. Do espaço escolar e da escola como lugar: propostas e questões. In: _______.; ESCOLANO, B. Currículo, espaço e subjetividade. Rio de Janeiro: DPA, 1998.

Artigo recebido em 14 de novembro de 2016. Aprovado em 30 de janeiro de 2017.




DOI: https://doi.org/10.20949/rhhj.v6i11.321

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Érika Oliveira Amorim

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

       

 

 

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia