Entrevista – Marcos Napolitano História e música popular: entre a historiografia contemporânea e as práticas de ensino na Educação Básica

Olavo Pereira Soares, Miriam Hermeto

Resumo


Marcos Napolitano é uma das principais referências nacionais sobre a música popular, tanto no campo da historiografia da cultura brasileira, quanto no que tange a produções editoriais voltadas para a formação continuada de professores. Doutor e Livre-docente (USP), é professor do Departamento de História e do Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade de São Paulo (USP). Atua também como assessor ad hoc da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e do CNPq, bem como na Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Líder do Grupo de Pesquisa “História e Audiovisual” (USP). Nesta entrevista, o professor Napolitano reflete sobre os rumos dos estudos sobre a música popular brasileira na historiografia brasileira e nas práticas de ensino desenvolvidas na educação básica. Relaciona as tradições historiográficas com as escolares, e aponta algumas possibilidades para as abordagens acadêmica e didática sobre o tema que ampliem o campo de pesquisa ora constituído e o repertório cultural habitual de professores e estudantes.

 

Marcos Napolitano is one of the academic authorities in Brazilian popular music, both in the field of the historiography of Brazilian culture and in what stands to the editorial productions aimed at continued teacher training. Dr. Napolitano works in the Department of History, in the Post-Graduate Program in Social History and is a leader of the Research Group “History and Audiovisual” of the Universidade de São Paulo (USP). He also serves as ad hoc advisor to the Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) and CNPq, as well as the Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). In this interview, he talks about the tendencies of popular music studies in the Brazilian historiography and teaching practices developed for basic education. He makes comparisons of traditional and academic historiography, and points out some possibilities for the academic and didactic approaches on the issue that could broaden the field of current research and the standard repertoire of teachers and students.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20949/rhhj.v6i11.353

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Olavo Pereira Soares, Miriam Hermeto

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

       

 

 

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia