Apresentação- Dossiê: Ensino de História, Direitos Humanos e Temas Sensíveis.

Juliana Alves de Andrade, Carmem Zeli de Vargas Gil, Juliana Pirola Balestra

Resumo


O dossiê intitulado Ensino de História, Direitos Humanos e Temas Sensíveis apresenta um conjunto de reflexões sobre a experiência latino-americana (Argentina, Chile, Uruguai e Brasil) no campo da aprendizagem história, educação em direitos humanos e temas sensíveis. Para tal, os pesquisadores abordarão como as aulas de história problematizam temas do passado recente (ditadura civil-militar, migrações contemporâneas...) e questões relativas à violação dos direitos humanos, bem como os desafios enfrentados pelos docentes no cotidiano escolar para historicizar temas ligadas ao preconceito racial, regional, social e cultural. Os artigos que compõem o dossiê ainda apresentam reflexões sobre a cultura política dos jovens no Chile, Uruguay e Brasil ao discutir as ideias dessa geração sobre fatos políticos do período de transição democrática. Por fim, os autores trazem reflexões sobre o desafio de formar o professor/pesquisador em História a partir de perspectiva em Direitos Humanos ou ainda como o ensino de história pode se tornar um espaço para reconciliação em situações afetadas por conflitos e violência.   


Texto completo:

PDF

Referências


ALBERTI, Verena. O professor de história e o ensino de questões sensíveis e controversas. Palestra proferida no IV Colóquio Nacional História Cultural e Sensibilidades, realizado no Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em Caicó (RN), de 17 a 21 de novembro de 2014.

ALBUQUERQUE JÚNIOR, Durval Muniz de. Fazer defeitos nas memórias: para que servem o ensino e a escrita da história? In: GONÇALVES, Márcia de Almeida. Qual o valor da história hoje?. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2012. p.31

BUTLER, Judith. Quadros de Guerra: quando a vida é passível de luto?. Tradução de Sérgio Tadeu de Niemeyer Lamarão e Arnaldo Marques da Cunha; revisão de tradução de Marina Vargas; revisão técnica de Carla Rodrigues. 1ª ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2015.

RANCIÈRE, Jacques. A partilha do sensível: estética e política. São Paulo: Editora 34, 2005.




DOI: https://doi.org/10.20949/rhhj.v7i13.458

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Juliana Alves de Andrade, Carmem Zeli de Vargas Gil, Juliana Pirola Balestra

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

       

 

 

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia