Histórias que transformam: o PIBID em história e a formação docente

Claudia Cristina da Silva Fontineles, Thiago Rodrigues Frota

Resumo


O presente trabalho visa discutir como os governos autoritários trataram a educação, em especial no que se refere à formação de professores nesse período, visando entender em que medida o PIBID contribuiu para superar esse modelo conservador, que persiste em rondar o ambiente educativo e as mentes de muitos educadores, tomando como referencial uma perspectiva sob a ótica do Programa. Sendo assim, a pesquisa analisa as ações governamentais voltadas para a formação de professores de História desde a década de 1960 até chegar aos anos 2000, quando o PIBID – uma política de formação docente - é implantado no país. Para tanto, analisamos mais detidamente a experiência do PIBID de História, da UFPI, a partir da ótica de seus integrantes. Buscamos com isso, por meio da analise de diferentes documentos oficiais, referências bibliográficas, de entrevistas orais e outras mídias, perceber como o PIBID- História contribuiu para superar as heranças de um passado recente no país.


Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Ana Paula Soares de. O impacto do pibid educação física na trajetória formativa dos alunos bolsistas e na prática pedagógica de professores supervisores. Dissertação (Mestrado), Universidade Federal do Triângulo Mineiro, 2014. 154p. Disponível em: . Acesso em 01.10. 2015.

ALBERTI, Verena. Ouvir para contar: textos em história oral. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2004.

ALBERTI, Verena. Manual de história oral. 3. ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2005.

BRASIL. Diretoria de Educação Básica – DEB: relatório do PIBID 2009/2011. Disponível em: . Acesso em: 05 dez. 2016.

BRASIL. Diretoria de Educação Básica – DEB: relatório do PIBID 2009/2013. Disponível em: . Acesso em: 05.12.2016.

BRASIL. Ministério da Educação e da Cultura (MEC), Teresina- PI, 2008. Regimento interno do PIBID UFPI. Disponível em: Acesso em: 05.11. 2016.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: história e geografia. Brasília/MEC/SEF, 1997. Disponível em: . Acesso em: 31.08. 2015.

BRASIL. 1961. Lei de Diretrizes e Bases da Educação. Lei nº 4024, 20 de dezembro. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1960-1969/lei-4024-20-dezembro-1961-353722-publicacaooriginal-1-pl.html. Acesso em: 31.01.2019.

BRASIL. 1968. Lei de reforma universitária. Lei n. 5.540, 28 nov. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1960-1969/lei-5540-28-novembro-1968-359201-publicacaooriginal-1-pl.html. Acesso em: 31/01/2019.

BRASIL. 1969. Decreto Lei que estabelece os cursos de licenciaturas de curta duração. Decreto Lei nº 547, 18 de abril. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/declei/1960-1969/decreto-lei-547-18-abril-1969-374120-publicacaooriginal-1-pe.html. Acesso em: 31.01. 2019.

BRASIL. 1971. Lei de reforma do ensino de 1º e 2º grau. Lei 5692, 11 de agosto. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1970-1979/lei-5692-11-agosto-1971-357752-publicacaooriginal-1-pl.html. Acesso em: 31.01.2019.

BRASIL. 2007. Portaria Normativa. Nº 38, 12 de dezembro. Disponível em: https://www.capes.gov.br/images/stories/download/legislacao/Portaria_Normativa_38_PIBID.pdf. Acesso em: 31.01.2019.

DEUS, Denílson Botelho de. Entrevista com ex-coordenador do PIBID- História CAPESUFPI. [mensagem pessoal. E-mail] mensagem recebida por Thiago Rodrigues Frota em 07.10.2014.

EDUARDO, Emanoel Junio. O papel do pibid na ótica dos licenciandos- bolsistas: um estudo de caso. Monografia (Licenciatura em Química), Universidade de Brasília, 2012. 81p. Disponível em: http://bdm.unb.br/bitstream/10483/4084/7/2012_EmanoelJunioEduardo.pdf. Acesso em: 13 out. 2015.

FENELON, Déa. A Formação do Profissional de História e a Realidade do Ensino. Revista Tempos Históricos. Unioeste, vol. 12 Nº 1, 2008, p. 01-13. Disponível em: . Acesso em: 22 jul. 2014.

FERREIRA, Viviam Cathaline de Sousa. Entrevista com ex-bolsista do PIBID-História CAPES UFPI. Entrevista concedida na UFPI, Campus Ministro Petrônio Portella em: 04.11. 2016 a Thiago Rodrigues Frota e Cláudia Cristina da Silva Fontineles.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: cartas pedagógicas e outros escritos. São Paulo: Editora UNESP, 2000.

FROTA, Thiago Rodrigues. O PIBID- História e sua contribuição para a qualidade do ensino e formação docente na UFPI. Monografia (Licenciatura em História), Universidade Federal do Piauí, 2017. 71p.

FONSECA, Selva Guimarães. Didática e prática de ensino de História: Experiências, reflexões e aprendizagens. 11 ed. Campinas, SP: Papirus, 2003.

FONTINELES, Cláudia Cristina da Silva; SOUSA NETO, Marcelo de. Transformações na oficina de História: o PIBID e a “variação de enredo” na formação de professores. Revista Unisinos. V.21, nº.2, 2017. Disponívelem:http://revistas.unisinos.br/index.php/historia/article/view/htu.2017.212.05. Acesso em:18.01.2019.

GUIMARÃES, Valter Soares. Formação de professores: saberes, identidades e profissão. Campinas- SP: Papirus, 2004.

MONTEIRO, Ana Maria. Ensino de História: entre história e memória. Disponível em: . Acesso: 05.06. 2016. MONTEIRO, Ana Maria Ferreira da Costa. História ensinada: algumas configurações do saber escolar. História e Ensino. Londrina, V.09, p. 37-62, 2003, p 01-27. Disponível em: . Acesso: 18.09 2016.

NEITZEL, Aldair de Aguiar. O impacto do Pibid nas licenciaturas e na Educação Básica. Conjectura: Filos. Educ., Caxias do Sul, v. 18, n. especial, 2013, p. 98-121. Disponível em: . Acesso em: 29.10. 2016.

NÓVOA, Antônio (org.). Vidas de professores. 2º ed. Porto- Portugal: Porto editora. 1992.

OLIVEIRA, Mariana Mendes. PIBID História- UFPI. Teresina, youtube, 06.10.2015. Mídia criada em defesa do PIBID-História da UFPI. Disponível: . Acesso em: 15.10.2015.

PIBID História- UFPI. Teresina, youtube, 06.10.2015. Mídia criada em defesa do PIBID-História da UFPI. Disponível: . Acesso em: 15.10.2015.

PINSKY, Jaime; PINSKY, Carla Bassanezi. O que e como ensinar: por uma história prazerosa e consequente. In: KARNAL, Leandro (Org.) et al. História na sala de aula: conceitos, práticas e propostas. 5. ed. São Paulo: Contexto, 2008.

REIS, Carlos Eduardo dos. A formação do professor de História. Perspectiva, Florianópolis, V. 17, n. Especial, p. 49-63, jan.jun.1999. Disponível em: . Acesso em: 03. 06. 2016.

RÜSEN, Jorn. Razão histórica: fundamentos da ciência histórica. Brasília: Editora: Universidade de Brasília, 2001.

SANTOS, Vilmar Aires dos. Entrevista com coordenadora do PIBID-História CAPES UFPI. Entrevista concedida em 13.01.2015 aos bolsistas do PIBID- História UFPI, Campus Ministro Petrônio Portella, Teresina Piauí sob orientação, da professora Doutora, Cláudia Cristina da Silva Fontineles.




DOI: https://doi.org/10.20949/rhhj.v8i16.532

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Claudia Cristina da Silva Fontineles

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

       

 

 

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia