Webquest’s e ensino: uma experiência tocantinense para aprendizagem de História

Antonio Guanacuy Almeida Moura, Braz Batista Vas

Resumo


Este artigo apresenta os resultados da aplicação da metodologia educacional WebQuest, metodologia colaborativa de pesquisa orientada na internet e amparada em recursos tecnológicos digitais, aqui aplicada no processo de ensino-aprendizagem em História. Para tanto, foi necessário refletir se o uso do WebQuest pode contribuir com a aprendizagem histórica dos alunos que a utilizam. A investigação deu-se através de pesquisa de campo, de natureza descritiva-exploratória, com alunos de uma turma de uma escola da rede federal de ensino situada na cidade de Dianópolis, na região sudeste do Estado do Tocantins. Os dados obtidos indicam algumas limitações relacionadas ao uso pedagógico de tecnologias digitais no espaço escolar, todavia, o uso da metodologia Webquest aplicada ao ensino de História pode favorecer a aprendizagem colaborativa entre os alunos e facilitar o acesso a fontes diversas por meio da pesquisa orientada na internet.


Texto completo:

PDF

Referências


ABAR, C.A.A.P.; BARBOSA, L.M. WebQuest: um desafio para o professor. São Paulo: Avercamp, 2008

ALMEIDA, M. formação de professores na integração de mídias. Prática pedagógica e formação de professores com projetos. Integração das Tecnologias na Educação. Secretaria de Educação a Distância: MEC. SEED, 2005.

BOTTENTUIT JUNIOR, João Batista; COUTINHO, Clara Pereira. Um Estudo com Autores de WebQuests em Língua Portuguesa: avaliação do processo de concepção, utilização e resultados obtidos. 2008.

BOTTENTUIT JUNIOR, João Batista; SANTOS, Camila Gonçalves. Revisão Sistemática da Literatura de Dissertações Sobre a Metodologia WebQuest. Revista Educa Online, Rio de Janeiro, v. 8, 2014.

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. A era da informação: economia, sociedade e cultura. Volume 1, 5. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

DELGADO; Lucilia de Almeida Neves; FERREIRA, Marieta de Moraes. História do tempo presente e ensino de História. Revista História Hoje, v. 2, nº 4, 2013, p. 19-34.

DODGE, Bernie. Webquest: uma técnica para aprendizagem na rede internet. 1995Disponível em: < https://www.dm.ufscar.br/~jpiton/downloads/artigo_webquest_original_1996_ptbr.pdf >. Acesso em 05/10/2017.

GABRIEL, Martha. Educar: a (r) evolução digital na educação. Saraiva, 2013.

GIOVANNI, Adaiane. As tecnologias no ambiente escolar: estudo sobre o desempenho dos alunos do 3º ano do ensino médio com a metodologia WEBQUEST. Dissertação de mestrado Campo Mourão, 2016.

HAHN, Fábio André; GIOVANNI, Adaiane. Iniciação à docência e ensino de história—desafios na contemporaneidade. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 10, n. 2, 2015.

LÉVY, Pierre. Que é o Virtual? Tradução Paulo Neves. 1 ed., 7ª reimpressão. São Paulo, SP Editora 34, 2005.

LEVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo. Editora 34, 1999.

MARCH, Tom. Why Webquests? an introduction. 1998. Disponível em: > http://tommarch.com/writings/why-webquests/ >. Acesso em 05/10/2017.

MORAN, José. Educação híbrida: um conceito-chave para a educação, hoje. In: [A. do livro] Lilian BACICH, Adolfo Tanzi NETO e Fernando de Mello TREVISANI. Ensino Híbrido: personalização e tecnologia na educação. Porto Alegre: Penso, 2015.p. 28-45.

PALFREY, John; GASSER, Urs. Nascidos na era digital: entendendo a primeira geração de nativos digitais. Porto Alegre: Grupo A, 2011.

KENSKI, V. M. Educação e Tecnologias: o novo ritmo da informação. 6 ed. Campinas: Papirus, 2007.

Rüsen, Jörn. História Viva: teoria da história III: formas e funções do conhecimento histórico. Tradução de Estevão de Rezende Martins. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1 reimpressão, 2010c.

SCHMIDT, M. A. A formação do professor de história e o cotidiano da sala de aula. In: BITTENCOURT, Circe. O saber histórico na sala de aula. 9 ed. São Paulo: Contexto, 2009.

SANTOS, Raquel La Corte dos. O uso da tecnologia/metodologia WebQuest em práticas pedagógicas no contexto de uma Licenciatura em Letras/Espanhol. Caracol, n. 13, p. 56-77, 2017.

SERRANO, Carlos; WALDMAN, Maurício. Memória d'África: a temática africana em sala de aula. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2010.

VALENTE, José Armando. Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação e Currículo: trajetórias convergentes ou divergentes. Sinop: UNEMAT, julho, 2013. Disponível em < http://sinop.unemat.br/v-semi-info-edu/wp-content/uploads/2013/07/tdic_curriculo_trajetorias.pdf > acesso 10/08/2017




DOI: https://doi.org/10.20949/rhhj.v9i17.564

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Antonio Guanacuy Almeida Moura, Braz Batista Vaz

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

       

 

 

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia