Professores de história em uma experiência de formação inicial a distância: os significados e os limites da profissionalização

Maria Cláudia Ferreira

Resumo


O artigo analisa uma experiência de formação a distância (Pró-licenciatura) destinada a professores leigos que atuavam como professores de história no Nordeste brasileiro. Mediante análise de entrevistas, de questionários e das interações no fórum de debates onlinedo curso objetivou-se compreender, da perspectiva dos saberesdocentes, o processo de fazer-seprofessor de história. Com isso foi possível elucidar aspectos das políticas de qualificação profissional dos professores da educação básica em geral, e de história, em particular, bem como constatar que a educação a distância pode significar uma possibilidade real de formação superior, oportunizando mobilidade social e inclusão digital e rompendo barreiras de acesso às Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDICs), especialmente para professoras com exaustiva jornada de trabalho e muitos anos de profissão.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20949/rhhj.v3i5.113

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Maria Cláudia Ferreira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

       

 

 

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia