Da sala de aula para a rua ou da rua para a sala de aula? Os movimentos inesperados da vida na cidade e a relação com o saber escolar

Sandra Regina Ferreira de Oliveira

Resumo


As aulas de campo são momentos potencializadores da aprendizagem e de algum modo relacionam-se com o cotidiano, o local e o tempo no qual se tecem as ações das mulheres e homens comuns na feitura diária da vida. O fato que deu origem a este artigo ocorreu durante uma aula de campo com alunos e alunas do 5º ano na qual se estudava o patrimônio histórico em uma rua da cidade de Londrina. Na loja de artigos religiosos, as estátuas do Pai João e da Mãe Maria, que ali estão há mais de 30 anos, tempo significativo para uma cidade com 80 anos, chamaram a atenção de uma criança. O objetivo deste artigo é discutir os movimentos que se sucederam quando paramos em frente a tal loja para explicar as imagens.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20949/rhhj.v3i6.140

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Sandra Regina Ferreira de Oliveira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

       

 

 

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia