As políticas do PNLD e as escolhas dos livros didáticos pelos professores de história

Carlos Eduardo Ströher, Franciele de Souza Monteiro

Resumo


O artigo analisa o uso do livro didático pelos professores de História, considerando seu uso recorrente em sala de aula. A pesquisa fundamenta-se no histórico de funcionamento das políticas do livro didático no Brasil, bem como os critérios adotados para a avaliação desses materiais. Realizou-se uma pesquisa de campo em duas escolas públicas, além de entrevistas com quatro docentes que atuam nessas instituições com a disciplina de História. Verificou-se que a relação que professores estabelece com o livro didático é dúbia, pois, apesar de amplamente utilizados, os docentes apontam falhas e deficiências nas obras e destacam com mais ênfase os aspectos visuais do que os pedagógicos. Dessa forma, compreender as motivações que levam a esses olhares múltiplos sobre os livros didáticos é de extrema relevância para a reflexão sobre o fazer docente e a aprendizagem em História.

Texto completo:

PDF

Referências


BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes. O livro didático entre textos e imagens. In. BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes (org.). O saber histórico na sala de aula. 6ª ed. São Paulo/SP: Contexto, 2002. p. 69-90.

BRASIL. Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação. Programa do Livro Didático Funcionamento. Disponível em: . Acesso em 27 out. 2018.

_______. Gabinete do Ministro. Portaria Normativa nº 7, de 5 de abril de 2007, ME - Ministério da Educação. Dispõe sobre as normas de conduta no âmbito da execução dos Programas do Livro. Disponível em: . Acesso em 21 out. 2017

_______.Governo do Brasil. www.brasil.gov.br, 2016. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2017.

_______. Guia de livros didáticos. PNLD 2014: História - Ensino fundamental/ anos finais. Brasília, DF: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. 2013.

_______. Guia de livros didáticos. PNLD 2017: História - Ensino fundamental/ anos finais. Brasília, DF: Ministério da Educação, Secretária de Educação Básica, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. 2016.

_______. Informe nº 25/2013, de maio de 2013 COARE/CGPLI/DIRAE/FNDE/MEC. Disponível em: . Acesso em: 26 set. 2017.

_______. Ministério da Educação. PARECER CNE/CEB Nº: 18/2012. Disponível em: . Acesso em: 29 out. 2017.

CAIMI, Flávia Eloisa. Escolhas e usos do livro didático de História: o que dizem os professores. In: BARROSO, Vera Lúcia Maciel; [et al]. (Org.). Ensino de História – Desafios Contemporâneos. Porto Alegre/RS: Edições EST: EXCLAMAÇÃO: ANPUH, 2010, p. 101-114.

______. O livro didático no contexto do PNLD: desafios comuns entre as disciplinas escolares. In X ANPED SUL, Florianópolis, outubro de 2014. Disponível em . Acesso em 07 nov. 2017.

CASSIANO, Célia C. de Figueiredo. Política e economia do mercado do livro didático no século XXI: globalização, tecnologia e capitalismo na educação básica nacional. In. ROCHA, Helenice; REZNIK, Luis; MAGALHÃES, Marcelo de Souza. Livros didáticos de história: entre políticas e narrativas. Rio de Janeiro: FGV Editora, 2017. 288 p

CHOPPIN, Alain. História dos livros e das edições didáticas: sobre o estado da arte. Tradução de Maria Adriana C. Cappello. Educação & pesquisa, São Paulo, v. 30, n.3, p.549-566, set./dez. 2004. Disponível em: . Acesso em 06 set. 2017.

MIRANDA, Sonia Regina; LUCA, Tania Regina de. O livro didático de história hoje: um panorama a partir do PNLD. Rev. Bras. Hist. [online]. 2004, vol.24, n.48, pp.123-144. ISSN 0102-0188. Disponível em: . Acesso em: 22 set. 2017.

SILVA, J. Rodrigo da. Livro didático como documento histórico: possibilidades, questões e limites de abordagem. Revista de Teoria da História, [S.l.], v.5, n.1, p.177-197, jun. 2011. ISSN 2175 - 5892. Disponível em: . Acesso em: 07 set. 2017.

SILVA, Marcelo Soares Pereira. O livro didático como política pública: perspectivas históricas. In ROCHA, Helenice; REZNIK, Luis; MAGALHÃES, Marcelo Souza (org.). Livros didáticos de história: entre políticas e narrativas. Rio de Janeiro:FGV Editora, 2017. 288 p.

SEMIS, Laís. Entenda o PNLD e saiba quais são os livros didáticos mais distribuídos em 2017. Associação Nova Escola, 14 de mai. 2017. Disponível em: . Acesso em 29 set. 2017.

STAMATTO, Maria Inês; CAIMI, Flávia. Eloisa. O Livro Didático de História do Ensino Médio: critérios de avaliação e documentos. Revista Educação em Questão, Lagoa Nova, Natal/RN, v. 54, n. 41, p. 220-250, mai/ago 2016. ISSN 1981-1802. Disponível em: . Acesso em: 08 ago. 2017.

VALÉRIO, Mairon Escorsi. Na oficina do livro didático: aspectos para a discussão de um documento relevante para as análises de ensino de história. In. JÚNIOR, Halferd Carlos Ribeiro; VALÉRIO, Mairon Escorsi (org.). Ensino de História e Currículo: Reflexões sobre a Base Nacional Comum Curricular, Formação de Professores e Prática de Ensino – Jundiaí: Paco Editorial, 2017.




DOI: https://doi.org/10.20949/rhhj.v7i14.463

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Carlos Eduardo Ströher, Franciele de Souza Monteiro

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

       

 

 

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia