Aprender por aprender História: experiência e expansão da vida

Lucas Victor Silva, Nilton Mullet Pereira, Marcello Paniz Giacomoni

Resumo


Este artigo consiste em uma elaboração teórica sobre a aprendizagem histórica, provocada por uma experiência de sala de aula e pela inquietação dos autores sobre as relações com o passado ensejadas por uma aula de História. O relato de aula incorporado ao texto diz respeito ao modo como pensamos, a partir do conceito de experiência em Larrosa e de pensadores da diferença como Foucault, Nietzsche e Bergson, a aprendizagem histórica. O relato da aula foi o ponto de partida para problematizar a narrativa histórica e a crença demasiada na linguagem falada e escrita como formas de dar sentido ao passado. Pensamos que a aprendizagem histórica incorpora um aprender por aprender e uma aprendizagem ética e estética com a experiência

 


Texto completo:

PDF

Referências


BERGSON, Henri. Matéria e memória: ensaio sobre a relação do corpo com o espírito. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2010.

BERGSON, Henri. A evolução criadora. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

BITTENCOURT, Circe (Org.). O saber histórico na sala de aula. São Paulo: Contexto, 2004.

DELEUZE, Gilles. Foucault. São Paulo: Brasiliense, 2005.

DELEUZE, Gilles. Lógica do sentido. São Paulo: Perspectiva, 1998.

DELEUZE, Gilles. Lógica do sentido. São Paulo: Perspectiva, 2007.

DELEUZE, Gilles. Diferença e repetição. Rio de Janeiro: Graal, 2009.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil Platôs. Capitalismo e Esquizofrenia. V.4. Rio de Janeiro: Ed. 34, 2008.

DORNELES, M. da S.et al.. As Viagens do Tambor. 1ª edição. Porto Alegre: Laboratório de Ensino de História e Educação da UFRGS. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2018. Jogo de tabuleiro.

FONSECA, Selva Guimarães. Caminhos da história ensinada. Campinas: Papirus, 1993.

FOUCAULT, Michel. O pensamento do exterior. In: MOTTA, Manoel Barros da (Org.). Estética: Literatura e Pintura, Música e Cinema. Col. Ditos e Escritos III. Tradução: Inês Autran Dourado Barbosa. 2ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2009. P. 219-242.

FOUCAULT, M. Ditos e Escritos V: Ética, Sexualidade, Política. Rio de Janeiro Editora Forense Universitária Ltda., 2004.

KOPENAWA, Davi; ALBERT, Bruce. A queda do céu: palavras de um xamã yanomami. São Paulo: Companhia das Letras. 2015. 729 p

LARROSA, Jorge. Pedagogia Profana. Trad. Alfredo Veiga-Neto. São Paulo: Autêntica, 2015.

LARROSA-BONDÍA, Jorge. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. Rev. Bras. Educ. [online]. 2002, n.19, p.20-28.

NADAI, Elza. A escola pública contemporânea: os currículos oficiais de história e o ensino temático. Revista Brasileira de História, São Paulo, v.6, n. 11, set. 1984.

NIETZSCHE, Friedrich. Escritos sobre história. Apresentação, tradução e notas de Noéli Correia de Melo Sobrinho. Rio de janeiro: Ed. PUC-Rio; São Paulo: Loyola, 2005.

NIETZSCHE, Friedrich. O nascimento da tragédia, ou Helenismo e pessimismo. Tradução, notas e posfácio J. Guinsburg. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

PEREIRA, Nilton M. Amor e interioridade no Ocidente Medieval: as Cansos de Guilherme IX. Ler História , v. 57, p. 33-58, 2009.

RODRIGUES JUNIOR, Luiz Rufino. Pedagogia das encruzilhadas. Revista Periferia, v.10, n.1, p. 71 - 88, Jjan./Jjun. 2018.

WHITE, Hayden. O passado prático. Tradução: Arthur Lima de Avila, Mario Marcello Neto, Felipe RadünzKrüger. ArtCultura, Uberlândia, v. 20, n. 37, p. 9-19, jul.-dez., 2018.




DOI: https://doi.org/10.20949/rhhj.v9i17.568

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Lucas Victor Silva, Nilton Mullet Pereira, Marcello Paniz Giacomoni

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

       

 

 

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia