Narrativas de estudantes do 9º ano e as ideias históricas sobre a regionalidade no Vale do Taquari – RS

Cristiano Nicolini

Resumo


As narrativas sobre a regionalidade emergem de forma mais evidente em contextos de pretensa diferenciação frente às tendências de padronização cultural. As identidades envolvidas nesses discursos se refletem em diversos aspectos da sociedade, desde projetos de formatação turística até os espaços educacionais. Nesse texto, buscamos compreender a influência dessas narrativas nas ideias históricas construídas por estudantes ao chegarem à etapa final do Ensino Fundamental (9º Ano), em uma região específica situada na porção centro-leste do estado do Rio Grande do Sul: o Vale do Taquari. A partir de referenciais teóricos e metodológicos da Educação Histórica, analisamos as narrativas de 542 estudantes sobre a história do lugar onde vivem, construindo quatro categorias de interpretação das ideias presentes nessas elaborações: presentista, etnocentrada, multicultural e intercultural.


Texto completo:

PDF

Referências


BARCA, Isabel. Narrativas históricas de alunos em espaços lusófonos. In: BARCA, Isabel (org.). Consciência Histórica na Era da Globalização. Centro de Investigação em Educação.

Universidade do Minho: Braga, 2011.

___________. O pensamento histórico dos jovens: ideias dos adolescentes acerca da provisoriedade da explicação histórica. Tese de Doutoramento - Universidade de Londres. Universidade do Minho: Braga, 2000.

BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes. Ensino de História: fundamentos e métodos. 2ed. São Paulo: Cortez, 2008.

CERRI, Luis Fernando. Ensino de história e consciência histórica. Rio de Janeiro: FGV, 2011.

FERREIRA, Maria Leticia M. Entre memória e patrimônio: a difícil gestão do passado. Historiae. História, Memória e Patrimônio. Vol. 3(3). Rio Grande: FURG, 2012.

LE GOFF, Jacques. História e Memória. Campinas: Ed. Unicamp, 1994.

MACHADO, Maria Beatriz Pinheiro; MONTEIRO, Katani Maria Nascimento. Patrimônio, identidade, cidadania: reflexões sobre Educação Patrimonial. In: BARROSO, Vera Lúcia Maciel [et al.] (org.). Ensino de História: desafios contemporâneos. Porto Alegre: EST: Exclamação: ANPUH/RS, 2010.

AUTOR. “Entre Vales e Montanhas...”: análise das representações históricas dos imigrantes e a construção da identidade regional no Vale do Taquari. 2006. 180 p. Monografia (Especialização em História do Brasil: Novas Perspectivas em Ensino e Pesquisa II) - Universidade de Santa Cruz do Sul, Santa Cruz do Sul, 2006.

___________. A construção da identidade territorial a partir das manifestações culturais no Vale do Taquari: etnografia dos Grupos de Danças Folclóricas Alemãs de Estrela e do 47º Festival do Chucrute. 2013. 206 p. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) - Universidade de Santa Cruz do Sul, Santa Cruz do Sul, 2013.

RÜSEN, Jörn. Teoria da história: uma teoria da história como ciência. Trad. Estevão C. Rezende Martins. Curitiba: Editora UFPR, 2015.

SEYFERTH, Giralda. Identidade étnica, assimilação e cidadania. A imigração alemã e o Estado Brasileiro. RBCS, nº 26, ano 9, p. 103-122, out. 1994.

SILVA, Kalina Vanderlei; SILVA, Maciel Henrique. Dicionário de Conceitos Históricos. São Paulo: Contexto, 2006.

UNIVATES. Educação Patrimonial: dinâmicas da colonização humana no Vale do Taquari, Rio Grande do Sul. Disponível em: . Acesso em: 18 mar. 2019.




DOI: https://doi.org/10.20949/rhhj.v9i18.577

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Cristiano Nicolini

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

       

 

 

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia