Combatendo o revisionismo: ensino de história da ditadura civil-militar brasileira enquanto disputa de narrativas

Fernando de Lima Nunes

Resumo


O presente artigo tem por objetivo trazer
ao debate possibilidades de pensar
sobre o ensino de história da Ditadura
Civil-Militar na educação básica, enquanto
um tema sensível, num contexto
de amplo revisionismo e negacionismo.
Para isso, abordaremos os conceitos e
práticas de revisionismo, negação e negacionismo
e como isso afeta a memória
construída sobre o período da Ditadura
Civil-Militar no Brasil. Será debatido
também como o conhecimento histórico
sobre o período ditatorial mais recente
da história brasileira é apreendido
pela população, para além da sala de aula.
Além disso, será apresentada uma experiência
do ensino de História sobre
mortos e desaparecidos políticos da Ditadura
Civil-Militar a partir dos pressupostos
teóricos e metodológicos da Empatia
Histórica e seu entrecruzamento
com a construção de biografias.


Texto completo:

PDF

Referências


BAUER, Caroline Silveira. Como será o passado?: História, Historiadores e a Comissão Nacional da Verdade. 1.ed. Jundiaí, SP: Paco, 2017.

BAUER, Caroline Silveira. Qual o papel da história pública frente ao revisionismo histórico? in MAUAD, Ana Maria; SANTHIAGO, Ricardo; BORGES, Viviane Trindade. Que história pública queremos? What public history do we want?. São Paulo: Letra e Voz, 2018.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2006.

JUPIARA, Aloy; OTÁVIO, Chico. Os porões da contravenção – Jogo do bicho e ditadura militar: a história da aliança que profissionalizou o crime organizado. Rio de Janeiro: Record, 2015.

KOSELLECK, Reinhart. Futuro passado. Rio de Janeiro: Contra-ponto; Puc-Rio, 2006.

LEE, Peter. Nós fabricamos carros e eles tinham que andar a pé: compreensão das pessoas do passado. In. BARCA, Isabel. Educação histórica e museus. Actas das Segundas Jornadas Internacionais de Educação Histórica. Braga: Lusografe, 2002.

LEE, Peter; ASHBY, Rosalyn. Empathy, perspective Taking, and Rational Understanding. In: Historical Empathy and Perspective Taking in the Social Studies. Boston: Rowman & Littlefield publishers, inc: 2001. p.21-50.

NUNES, Fernando de Lima. Para não esquecer: Ensino de História e Empatia Histórica a partir da escrita de biografias de desaparecidos políticos da Ditadura Civil-Militar brasileira. Dissertação (Mestrado em Ensino de História), Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2018.

ORWELL, George. 1984. São Paulo: Editora Nacional, 1996.

PEREIRA, M. H. F. “Nova direita? Guerras de memória em tempos de Comissão da Verdade (2012-2014)”. Varia Historia, Belo Horizonte, v.31, n.57, p.863-902, 2015.

PEREIRA, Mateus; HERMETO, M. Justa memória, dívida ética e passados-presentes dolorosos: questões a partir da análise de interpretações sobre a ditadura militar brasileira (1964-1985) em livros didáticos de história. In: MAIA, Tatyana de Amaral; ALVES, Luís Alberto Marques; HERMETO, Miriam; RIBEIRO, Cláudia Sofia Pinto. (Org.). (Re)construindo o passado: o papel insubstituível do ensino da história. 1a.ed. Porto Alegre/BR; Porto/PT: EDIPUCRS-CITCEM, 2016, p. 150-168.

RICOEUR, Paul. A memoria, a história, o esquecimento. Campinas: Unicamp, 2007.

ROVAI, Marta Gouveia de Oliveira. Ensino de história e a história pública: os testemunhos da Comissão Nacional da Verdade em sala de aula. In: Revista História Hoje. 8. 89-110, 2019.

SCHMIDT, Benito Bisso. Luz e papel, realidade e imaginação: as biografias na história, no jornalismo, na literatura e no cinema. In SCHMIDT, Benito Bisso (org). O biográfico: perspectivas interdisciplinares. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2000.

YILMAZ, Kaya. Historical Empathy and Its Implications for Classroom Practices in Schools. The History Teacher, Long Beach, CA, v.40, n.3, maio 2007, p.331-337. Disponível em acessado em 10/09/2020.




DOI: https://doi.org/10.20949/rhhj.v10i19.733

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Fernando de Lima Nunes

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

       

 

 

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia